Uma alternativa anti-gordura para um acompanhamento de refeições

Habitualmente consumidos crus, os rabanetes podem também receber outras preparações que ora suavizam o seu sabor picante ora lhe dão um toque ainda mais peculiar e uma textura suave.

No cultivo é uma planta muito fácil de tratar e com um ciclo de cultivo curto. Pode ser cultivada em vaso de forma muito simples. Se não as cultivar, quando as comprar escolha as que tenham as folhas verde-escuras e viçosas e com a raiz firme.

dovasoapanela_19site_banner1

O seu interesse em termos nutricionais é elevado uma vez que é uma excelente fonte de fibra, vitamina C e ácido fólico e ajudam a baixar o colesterol. Se exagerar nos fritos ao jantar junte rabanete cru à salada para ajudar a facilitar a digestão e eliminar a gordura animal.

Ingredientes:
2 molhos de rabanetes
2 cebolas grandes, de preferência chalotas
2 colheres de sopa de azeite extra virgem
Sal marinho
Pimenta preta e sal

Preparação:

Lave e retire as folhas aos rabanetes. Corte as cebolas longitudinalmente com 6 gomos.
Aqueça o forno a 200°. Coloque a ferver uma panela de água e insira os rabanetes. Cozinhe até ficarem tenros mas sem desfazer (cerca de 5 minutos deve ser suficiente).
Escorra e passe por água fria. Deixe arrefecer.
Corte-os ao meio e coloque-os numa taça juntamente com as chalotas (ou cebolas correntes). Regue com azeite e tempere com pimenta moída na hora e uma pitada de sal. Misture bem.
Forre uma assadeira com papel vegetal e coloque os legumes com a face cortada virada para baixo.
Deixe assar durante 15 min. até verificar que as chalotas estão a caramelizar e a parte branca dos rabanetes está a ficar dourada.

 

Receita de: rodaleorganiclife e imagens de freeimages e maismomentos

Anúncios