Quem pediu bolota para jantar?

Muitos portugueses desconhecerão, mas a bolota era um produto tradicional amplamente consumido em Portugal e que os novos hábitos de consumo humano deixaram cair em desuso. No entanto parece estar a retornar ao mercado para o deleite de muitos paladares, e para o bem da nossa saúde segundo vários estudos.

Com passos ainda tímidos na produção e no consumo, mas em oposição com a expressiva participação de empresas, produtos e consumidores no Symposium Bolota: o futuro de um alimento com passado, organizado pela Herdade Freixo Do Meio, nas arriscaremos em dizer que este é um produto florestal com um claro potencial de crescimento, onde já existe investigação, e a procura começa a revelar-se. Como se não bastassem todos os argumentos apresentados no artigo do Jornal Público para o “poder” da bolota, realçamos o fato de que “55% das bolotas que existem em Portugal (sobretudo no Norte e no Alentejo) são desperdiçadas”. Uma boa aposta de negócio agrícola e florestal na nossa região, não fosse o alentejo a terra das azinheiras e dos sobreiros!

ver artigo completo do Público, aqui.

Para conhecer um pouco dos usos e receitas com bolota

 

Anúncios