O Re-Planta! dificilmente diria melhor!

Francisco Flórido no evento Ignite Portugal, realizado no Porto em 2012, teve 5 minutos para falar e lembrou-nos que “Entre o emprego e o desemprego existem hortas urbanas” ou pelo menos podem existir. Explorando as grandes vantagens ambientais, económicas e sociais o Francisco Flórido lembra-nos que a agricultura urbana (e nós dizemos, o contacto com a terra, as pequenas ou grandes experiências de cultivo) encerra uma série de ganhos para a sociedade e portante para todos nós enquanto indíviduos. Ganhos para a saúde, segurança alimentar, evoluções nas relações geracionais e na agregação das famílias e ganhos em algo tão importante, como interessante, que é a Perceção do Tempo Real da vida!

Anúncios